Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

No Habitat de uma Introvertida

Aqui partilho com o mundo tudo o que me inspira e faz parte da minha vida criativa. E se és introvertido/a é provável que aqui te sintas em casa. "I have no special talents. I am only passionately curious." - Albert Einstein

No Habitat de uma Introvertida

Aqui partilho com o mundo tudo o que me inspira e faz parte da minha vida criativa. E se és introvertido/a é provável que aqui te sintas em casa. "I have no special talents. I am only passionately curious." - Albert Einstein

Seg | 28.05.18

3 coisas que "aquecem o coração" de um/a introvertido/a

Sandra Sequeira

warm-and-cozy-1975215_960_720.jpg

 

(Não se deixem enganar pela imagem... Não são pipocas, nem chocolate quente, nem lareiras... mas também podia ser, se eu pretendesse falar deste tipo de coisas!)

 

Back to the beginning! É verdade que a minha veia espiritual e life handeling andou a levar vantagem neste blog, mas vamos lá voltar ao tema da introversão. 

 

Ser introvertido não é viver num "mar de rosas", é verdade. Mas há pequenas coisas que realmente fazem um introvertido sentir um calorzinho bom no coração... daquele que faz nascer um sorrisozinho no rosto e, quiçá, uma dança especial (e muito própria), de 5 ou 10 segundos, quando não está ninguém a ver.

 

Planos cancelados:

 

Bem, aqui está uma forte! Sim, planos cancelados está lá no alto das minhas coisas favoritas.

 

Isto vale especialmente se for um evento público. 

 

E eu até socializo em ambientes particulares ou públicos, sem stress, na maioria das vezes (se souber que tenho algum amigo mais chegado que também lá esteja)...

 

E na hora que me convidam, eu posso até estar mega animada porque estou a passar um bom bocado, a ter uma conversa agradável...

 

E, claro que sim! Vou!... Vai ser espetacular!!!

 

O pior é quando chega o dia. PÂNICO!!!

 

E levas o dia todo a sentir-te mal porque já disseste que ías e agora tens de ir e não te apetece! 

 

A coisa complica se é no fim-de-semana... porque, se calhar, passaste o dia todo em fato de treino ou pijamas... E passaste toda a semana fora de casa e, agora que meteste a casa toda "nicezinha", só queres é fazer uma maratona de séries de tv, ou ler "aquele livro", ou ver os últimos vídeos das tuas subscrições no youtube, ou (imagine-se) bordar ponto de cruz...

 

A inspiração para escolher o outfit é pouca, o cabelo nos dias de sair NUNCA colabora...

 

E vai que, do nada, recebes uma mensagem a cancelar (por qualquer motivo) o esquema todo! 

 

Uma pessoa lá faz o seu "papel" e lamenta: "Ah, pois, é uma pena... Olha, fica para uma próxima vez!"

 

E a seguir... "dancinha especial de introvertido" que se safou desta!!!

 

Isto pode parecer completamente irracional... planos cancelados deveriam ser uma grande chatice!!! 

 

Nop. Não para um introvertido! 

 

Nós, introvertidos, tiramos o melhor dos proveitos disso. 

 

Fazemos umas pipocas e depois escolhemos uma das mil coisas que gostamos de fazer, em pijamas (o outfit preferido de um introvertido que se preze). 

 

 

Colegas de trabalho e amigos extrovertidos:

 

Sim, eu sei que isto pode parecer uma contradição (uma pessoa demasiado extrovertida no trabalho também pode ser um grande aborrecimento) mas... Normalmente, há coisas que um extrovertido acha interessantes, agradáveis e até entusiasmantes que, para um introvertido, é o pior que lhes podem pedir.

 

E, neste caso, dá um jeitão ter um colega extrovertido, que até se voluntaria para fazer determinado tipo de coisas, enquanto nós, introvertidos, "fingimo-nos de mortos".  

 

Como por exemplo comunicar presencial ou telefonicamente com pessoas (especialmente com quem nunca comunicámos antes). 

 

Ou apresentar uma ideia numa reunião... Ou liderar a organização de um evento (possivelmente a coisa talvez mais odiada no habitat natural de um introvertido)!

 

Já estive envolvida em alguns eventos profissionalmente e através de instituições das quais fiz parte e eu faço o que tenho a fazer, dou o meu melhor mas... se pudesse fugir??? Ah... "batia com os calcanhares no rabo"!!!

 

Por outro lado, amigos extrovertidos são fundamentais na nossa vida.

 

Senão quem nos tiraria das nossas "cavernas"?!?...

 

É porque se me deixarem, eu crio raízes lá no meu habitat físico!!!

 

Eu tenho amigos maravilhosos, de um lado e de outro, e retiro o melhor que a amizade tem para nos dar, dos dois lados. 

 

Os introvertidos, por mais que gostem de estar sozinhos, ou conversarem horas a fio com outro introvertido, com os mesmos interesses, precisam sair da sua própria cabeça e isso os nossos amigos extrovertidos sabem como fazê-lo e nós agradecemos! 

 

Dou por mim a sorrir ao lembrar-me de momentos memoráveis, de dias em que não me apetecia nada sair do meu canto e que acabaram por tornar-se alguns dos meus dias mais especiais, graças a esses amigos extrovertidos que não desistiram de me "arrastar" para o "habitat" deles!

 

É verdade que gostamos de estar no nosso canto, mas gostamos que nos convidem para as coisas... e gostamos também (MUITO) que não nos levem a mal se recusarmos!

 

Não é porque não gostamos da companhia dos nossos amigos; o que vai no nosso sentir, na maioria das vezes, é que a nossa energia está tão low, de todo o esforço que fizemos, quando não havia alternativa (uma semana de trabalho, a lidar com pessoas, por exemplo), que nós, física e espiritualmente, sabemos que precisamos daquele tempinho só connosco.

 

 

Ter a casa só para nós:

 

Quem é introvertido sabe tão bem (MAS TÃO BEM) do eu que estou a falar... 

 

Oh, sensação MARAVILHOSA que é chegar a casa ao final do dia e não estar ninguém em casa e termos um tempinho só para nós!

 

Fazer uma boa pausa de interação social.

 

É que nós introvertidos recarregamos as nossas energias estando sozinhos. 

 

Aqueles bocadinhos em que estamos em casa sozinhos são preciosos e têm um verdadeiro poder regenerador.

 

Eu, sinceramente, acho que passava bem um mês em casa sem ver ninguém, se tivesse livros, net e comida. Seria um bocado extremo, é certo... mas a mim parece-me boa ideía!

 

Não é que eu odeie pessoas (há dias que...) mas a questão é que eu nunca me aborreço sozinha.

 

É uma coisa que acho que todos os introvertidos têm em comum...

 

O diálogo dentro da nossa cabeça é sempre tão intenso e são tantas as coisas que gostamos de fazer sozinhos, que simplesmente não há como nos aborrecermos!

 

As horas em que estamos sozinhos são sempre poucas. 

 

CALMA família e amigos! Nós continuamos a adorar vocês com todo o nosso coração!!! E gostamos muito de estar com vocês. Vocês trazem alegria e significado à nossa vida.

 

Mas compreendam que o estar sozinho para um introvertido é tão importante como comer para um ser humano. 

 

Eu, pessoalmente, começo a ficar irritada/strexada se não tenho esse tempo.

 

E eu não vivo sozinha, mas felizmente quem vive comigo respeita o meu espaço (bem... se não respeitasse, não vivia comigo, pois claro :P).

 

Introvertidos não são propriamente anti-sociais e vivemos bem com pessoas, logo que não ocupem o espaço todo, com conversa a toda hora... a coisa "ajeita-se". 

 

E, por hoje, basta de tantas revelações do meu lado! E do vosso???

 

Tribo dos introvertidos, que outras coisas vocês (estranhamente) apreciam?

 

Tribo dos extrovertidos, o que é que vos faz mais "confusão" nos introvertidos que conhecem?

 

 

Imagem: Pixabay

 

36 comentários

Comentar post

Pág. 1/2