Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

No Habitat de uma Introvertida

Aqui partilho com o mundo tudo o que me inspira e faz parte da minha vida criativa. E se és introvertido/a é provável que aqui te sintas em casa. "I have no special talents. I am only passionately curious." - Albert Einstein

No Habitat de uma Introvertida

Aqui partilho com o mundo tudo o que me inspira e faz parte da minha vida criativa. E se és introvertido/a é provável que aqui te sintas em casa. "I have no special talents. I am only passionately curious." - Albert Einstein

Sex | 04.01.19

Cristais: como funcionam

Sandra Sequeira

cristais 2.jpg

 

Como prometido no último dia de 2018, às Sexta-feiras de 2019 trago cristais aqui para o Habitat.

 

Hoje veremos como funcionam; na próxima sexta-feira vamos aprender a limpar e energizá-los; e a partir da Sexta-feira seguinte vamos ter sempre um cristal especial para conhecer melhor.

 

Se és um(a) curioso(a) por cristais, ficamos de encontro marcado todas as Sextas-feiras deste ano!

 

Vamos a isso!!!

 

 

Vibração + Cor + Talismã

 

Ao trazerem esplendor e brilho onde quer que sejam colocados, os cristais estão em primeiro lugar na lista das criações mais impressionantes da natureza e têm uma longa história como decoração orgânica doméstica.

 

No entanto, os seus poderes transformadores são muito mais profundos do que parecem à vista, e mesmo quando são adquiridos puramente por serem bonitos, não deixam de infundir os espaços - e as pessoas - à sua volta com uma poderosa combinação de equilíbrio vibratório, cura pela cor e magia talismânica.

 

 

Vibração 

 

Como o inventor transcendental Nikola Tesla afirmou: "Se quer descobrir os segredos do Universo, pense em termos de energia, frequência e vibração."

 

Toda a vida dança com pulsação magnética e vibração; dos cientistas, aprendemos que cada átomo no Universo está em constante movimento, e os metafísicos ensinam que todos os objetos estão circundados pela sua própria esfera vibratória de energia, uma aura.

 

Os cristais são únicos na natureza, pois os seus átomos seguem o padrão mais simétrico possível, criando uma rede cristalina.

 

É a sua simetria atómica perfeita que faz dos cristais poderosos titulares e transmissores de energia e vibração.

 

Ser humano é um arranjo atómico muito mais "confuso" pois os nossos átomos e auras harmonizam-se ao interagir com a simetria única dos cristais.

 

 

Cor 

 

A tradição de usar a cor para a saúde e o bem-estar tem sido praticada desde a antiguidade, e as cores vibrantes dos cristais são um dos aspetos mais potentes do seu poder de cura.

 

A ciência provou que somos profundamente afetados tanto física como emocionalmente pelas cores que nos rodeiam (estar num quarto vermelho-vivo ou num azul-pastel provoca em nós sensações diferentes), e a um nível metafísico, o nosso sistema de chakras é fortemente energizado e ativado por cores específicas.

 

Os cristais fornecem uma das formas mais fáceis de adicionar brilhos orgânicos de cor nas nossas casas e espaços de trabalho e, literalmente, mudarão o nosso humor e energia com os seus tons animadores de arco-íris.

 

 

Talismã 

 

Nascido do verbo telein do grego antigo, que significa "iniciar-se nos mistérios" um talismã é tradicionalmente definido como um objeto que se acredita possuir capacidades mágicas ou milagrosas, sendo os amuletos os talismãs com os quais a modernidade está provavelmente mais familiarizada.

 

Quando decidimos trazer um cristal para a nossa vida com uma intenção ou objetivo específico - por exemplo, Quartzo Rosa para encontrar o amor, ou Pirite para ganhar confiança - a nossa intenção específica transforma o cristal no nosso próprio talismã mágico personalizado.

 

Os cristais funcionam como poderosos amigos responsáveis. A sua presença dá tanto à nossa consciência quanto à nossa subconsciência incentivos úteis quando estamos perto, recordando-nos incansavelmente da pessoa que desejamos ser, das energias que desejamos ter e da vida que estamos prontos para viver.

 

 

Cura Holística

 

Os cristais manifestam regularmente a sua magia no que pode ser considerada uma forma "subtil", semelhante a outras formas de cura holística. 

 

Para perceber melhor o conceito de cura subtil, podemos imaginar a diferença entre beber um copo de vinho e tomar uma vitamina. Ao fim de apenas alguns goles de vinho, sentimo-nos inconfundivelmente alterados; no entanto o efeito é passageiro e (felizmente) não dura muito. Em contraste, quando tomamos uma vitamina não nos sentimos imediatamente diferente e podemos até começar a questionar-nos se a toma de vitaminas é eficaz.

 

De qualquer modo, se tomarmos essas vitaminas diariamente, um dia percebemos de repente: "Uau, sinto-me tão bem! Aquele problema que tinha nunca mais me incomodou, nem sequer pensei nele nos últimos dias!"

 

Quase sem nos apercebermos, subtilmente - ainda que inconfundivelmente - algo mudou em nós.

 

A cura com cristais geralmente funciona através desta forma de magia subtil, mas profunda e a longo prazo.

 

A autora do livro a partir do qual estou a partilhar estas informações (Cristais - O Guia Moderno da Cura dos Cristais), Yulia Doren, aconselha a mantermos a nossa mente e o nosso coração abertos a possibilidades ilimitadas e ficaremos surpreendidos com o que se manifesta dentro de nós e à nossa volta.

 

Uma coisa é certa: desde que tenho alguns cristais e o meu candeeiro de sal dos Himalaias, as minhas enxaquecas reduziram exponencialmente!

 

Tenho há muitos anos enxaquecas brutais... das que levam mesmo a vómitos e que nem me deixam trabalhar.

 

Daquelas que se fossem ao meu quarto e me dissessem que o mundo acabava em meia-hora, eu simplesmente dizia para voltarem a fechar a porta e me deixassem morrer em paz (yes, it can get bad like that).

 

Elas não desapareceram, mas dimuniram muito em número e noto que, inclusive, em intensidade!

 

"E, acima de tudo, veja com olhos brilhantes o mundo inteiro à sua volta porque os maiores segredos estão sempre escondidos nos locais mais improváveis. Aqueles que não acreditam na magia nunca a encontrarão." - Roald Dahi, The Minpins.

 

 

Fonte: Livro Cristais - O Guia Moderno da Cura dos Cristais de Yulia Doren

 

Imagem: Pinterest

 

6 comentários

Comentar post